The Midnight Flower

Por Laila Flower

Sei que prometi um tema no post sobre futuro...aquele vai ser deixado um pouco de lado, sorry.

_

Hoje iniciei meu dia trabalho como muitos outros: moderando comentários em um dos sites que eu trabalho. Desta vez foi o http://www.gvideos.com.br/. Mais uma vez, vejo uma centena de comentários e, entre esses, um sobre o vídeo em que o Pr. (?) Silas Malafaia fala descaradamente que quem faz uma doação na igreja, que faz uma oferta, deve esperar que Deus dê uma benção financeira. Se não viu este vídeo, segure seu queixo e veja: Silas Malafaia chama de trouxa quem doa sem esperar colheita.

Quero que não apenas assistam o vídeo, mas também LEIAM OS COMENTÁRIOS NO VÍDEO!

O que o Sr. Silas Malafaia faz é simplismente ofender quem faz uma oferta na igreja sem esperar que Deus faça algo por ela. Amigos, isso é muito sério - e mais sério ainda é ver que MUITOS aprovam esse tipo de atitude.

Essa cultura do "exigir" de Deus algo é a coisa mais ridícula que podemos fazer. Primeiro porque se Deus é o Senhor soberano de sua vida, você tem de estar bem consciente que talvez o que Ele quer pra você é passar dificuldades - aliás, situação de dificuldades foi exatamente o que os apóstolos passaram. Em segundo lugar, é tamanha a arrogância da criatura que não é merecedora de nada a não ser a morte de exigir do Deus Todo Poderoso qualquer coisa.

Não é um tanto quanto complicado afirmar, como quis o Sr. Silas Malafaia que "plantei oferta na casa de Deus e vou colher bençãos materiais na minha vida"? Se isso fosse uma regra bíblica como parece querer mostrar este senhor, o que aconteceu com Pedro, Paulo, João...? Todos eles viveram vidas sem a tal "benção financeira".

Lembrem-se de Filipenses 4: "10 Alegro-me grandemente no Senhor, porque finalmente vocês renovaram o seu interesse por mim. De fato, vocês já se interessavam, mas não tinham oportunidade para demonstrá-lo. 11 Não estou dizendo isso porque esteja necessitado, pois aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância. 12 Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. 13 Tudo posso naquele que me fortalece.".
Este Sr. Silas olharia então para o apóstolo Paulo e o chamaria de trouxa porque não está colhendo as bençãos financeiras e estava passando fome? Ou será que o Sr. Silas diria "que falta fé!" ao apóstolo Paulo?

Quando este senhor ofende e chama de trouxa, ofende ao apóstolo Paulo, que entregou sua vida no ministério da propagação do evangelho aos gentios sem esperar nada senão as promessas da vida eterna com Deus (a "coroa", lembram?). Tantos outros entregaram suas vidas e até hoje muitos seguem o exemplo de Paulo em Filipenses 3.7 "Mas o que para mim era lucro, passei a considerar como perda, por causa de Cristo". Quero ver se o Sr. Silas Malafaia tem a coragem de chamar de trouxa alguém que está neste momento servindo como missionário em Guiné Bissau e passa fome e necessidade como muitos outros nesse país - mas entendem que o ganho é pregar o evangelho. 

Desculpe-me, Sr. Silas Malafaia, mas este evangelho do "dar e receber" (e não "melhor é dar do que receber" -Atos 20:35) não é de Cristo. ONDE ESTÁ CRISTO NESTE EVANGELHO? Onde está o nosso principal objetivo como cristãos???

A falta de escrúpulos deste senhor é tão grande que ele diz "eu respeito você, trouxa" - onde está o respeito?

Deus não nos prometeu nada se não a vida em Jesus e, através do sacrifício de Cristo, a derrota da nossa morte e uma eternidade na Sua presença. Somos servos, missionários na Terra, pessoas a serviço do Deus Vivo, com o objetivo de pregar Cristo que morreu por todos para que tenham a via eterna no Pai. Não nos foi prometida uma vida mansa e tranquila aqui, muito pelo contrário, foi dito que sofreríamos por causa do evangelho - este não é o nosso lugar, não é aqui que está as nossas riquezas assim como não era aqui o reino de Cristo!!!

Tenham em mente que o Sr. Silas Malafaia plantou aqui e espera também colher aqui. Contudo, Jesus nos orientou em colher nos céus em Mateus 6: 19 “Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. 20 Mas acumulem para vocês tesouros nos céus, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. 21 Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração."

Vou denunciar, sim. Assim como Paulo denunciava quem pregava um evangelho diferente daquele que Cristo nos deu.

AVISO PARA QUEM QUISER COMENTAR PARA ME XINGAR - http://migre.me/oTZF

Enquanto escrevia este post, ouvi Lucas Souza (Cidade Acesa), Aeroilis (Cega Inocência) e Paramore (Ignorance e Brick By Boring Brick)

8 comentários:

o Silas é um b*st#!!!

Concordo plenamente com tudo que foi dito neste texto. A maioria dos "pastores" de hoje parecem que nem lêem a Bíblia e se lêem, são só as partes que lhes convêm e além do mais totalmente fora de contexto. Pois as pregações são voltadas apenas para a prosperidade. Faz bastante tempo que não ouço uma pregação sobre o plano de Deus para a salvação e isso é lastimável.

Concordo plenamente com você!

Temos que denunciar sim os absurdos falados em nome de Deus.
Não podemos nos calar diante desse reducionismo do Evangelho!

Parabéns pela ousadia!
Que Deus continue te usando,
abraços!

@jessy_mara

Concordo com o texto...
Mais além, concordo com uma certa vergonha de mim mesmo com esse vídeo aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=N5lw809gB94&feature=player_embedded
Sei que parece não ter ligação entre os dois, entre a pregação e o texto, mas essa pregação fala de uma coisa muito importante, as pessoas preferem ser da formas que elas acham que devem ser e não procuram uma opinião baseada no que Deus quer que elas sejam...
E muitos evangelistas estão levando para a cova junto com eles muitos "trouxas" junto com eles, porque simplesmente preferiram falar o que lhe viam no coração do que falar o que Deus falou!
É o mal do mundo "cristão" hoje, regras não se baseiam na Bíblia, mas sim na necessidade... Esqueçamos o que a Bíblia fala de oferta e vamos dizer que Deus é que nos deve algo, e não nós a ele, é o que muitos estão fazendo hoje...
Como na pregação diz, se tirarmos a graça de Deus sobre nós, a única coisa que sobra é o nojo de nosso pecados e ira de Deus sobre eles...
Não temos nenhuma base para exigir de Deus algo... Porque Ele já nos deu aquilo que não merecíamos.
Sinto pena desse pregadores que parecem não ter nunca lido o evangelho, muito menos o livro de Romanos que fala tanto sobre a graça de Deus...
Sabe, eu não acredito em dízimos e não acho que ele tem espaço como obrigatório na Igreja... Sei que muitos vão falar coisas e mais coisas, mas até hoje ninguém me mostrou no novo testamento, ou até em provas históricas que o dízimo era costume da Igreja primitiva... Não estou aqui para discutir sobre isso, cada um tem sua opinião e não creio que Deus vai te condenar ao fogo ardente só porque você deu ou não deu seus 10%, mas eu acredito num evangelho lógico e nesse evangelho sei que Deus quer ver você ofertando porque você ama a obra dele, porque sabe que com isso outros serão ajudados, e não porque você espera algo em troca ou tem medo de uma represália de um "pastor".
Será que as pessoas não vêem a mudança da antiga aliança comparada com a nova? Antes era a lei física, aquela pedra que uma vez foi quebrada e depois veio novamente aos judeus, assim como Cristo... Um lei que fazia você mudar de fora para dentro, mas quando Deus falou ao profeta Joel sobre o derramamento do Seu Espírito, escrevendo a Lei nos nossos corações, a coisa se tornou inversa, agora é de dentro para fora. Assim é meu ver...
Pena que muitos estão preocupados em criar listinhas do que devem ou não devem fazer e esquecem de perguntar ao Espírito de Deus o que é certo ou não...
Paz a todos e desculpem se falei algo que não concordam... Não sou dono da verdade, mas uma coisa aprendi, só aceito uma Verdade, se mostrarem e provarem ela sobre a luz da Verdade...

Olá,

Estou visitando a blogosfera cristã em busca de blogs interessantes para ler e trocar idéias.

Parabéns pelo seu trabalho, já estou sendo seu seguidor.

No Um pouco além do óbvio você encontrará temas relevantes sendo abordados por um livre-pensador cristão, adepto da "teologia da vida", que trata de pensar o homem possível, e não o idealizado.

Ficarei honrado com a sua visita.

Um forte abraço.

N'Ele, a autoridade máxima em matéria de salvação.

ShaiShaiShai, sou teu amigo e, bom, sabe que não tenho esse teu fervor pela igreja ou religião ou, enfim, não tenho, tu sabe :P
Mas concordo com o que tu diz, digo como alguém de fora do teu "público padrão" mas né
Bom, brevemente: Feliz aquele que faz sem (a necessidade de) ter que receber pelo que fez.
Se cada um fizer sua parte, por fazer, por ser o certa a se fazer, mesmo que ninguem saiba quem o fez, a coisa vai começar a andar melhor... ou algo assim ne, quem sou eu (advogado pra falar dessas coisas! xD

Beijos Shai!!! /o/

ah, e vou fazer um "merchã" do meu site, mt menos visita E interessante que o teu mas, se me permitir: http://elratondeldiablo.wordpress.com/

Amada Shaiala!!!
Respeito sua opinião e concordo em partes.
Mas existe algo além de tudo isso.
Primeiro acho que não viemos aqui para esperar a morte pq nós não merecemos absolutamente nada.
Não concordo.
Jesus veio para que tivessemos vida e a tivessemos em abundância. Conforme está escrito no evangelho de João 10:10. Não digo para buscar uma vida cheia de riquezas em primeiro lugar, até pq a Palavra nos fala que onde está o nosso tesouro, ali está o nosso coração (Mateus 6:21).
Acho que se não concordamos com algo que esses homens estão fazendo, cada um receberá do Senhor o que lhe é devido.
Porém, em minha igreja também tenho passado por dificuldades...E o que o Senhor tem ministrado ao meu coração é que eu dobre os joelhos e ore.
Isso mesmo, orar por essas pessoas. Para que Deus tenha misericórida delas e que Ele realmente toque nessas pessoas para que elas façam a vontade do Pai.
Deus é misericordioso, Ele é Pai...E conforme está escrito em Lucas 11:13 se nós que somos maus sabemos dar boas dádivas aos nossos filhos, imagine então o nosso Pai Celestial. Não penso que precisamos passar por tudo que os discipulos de Jesus passaram, só isso. Essa é a minha opinião!!

Olá, interessante blog, com opiniões bem próprias e tudo mais,gostei da sua ousadia porém precisamos reter muitas coisas boas e excluir algumas outras q não tm sentido, um exemplo citado seu foi:"Deus não nos prometeu nada se não a vida em Jesus e, através do sacrifício de Cristo, a derrota da nossa morte e uma eternidade na Sua presença." Deus nos fez inúmeras promessas,vida em abundância é uma delas, concordo que o Pr.Silas exagera e tudo mais, mas não viemos a terra para ser miseráveis, medíocres, pobres nem nada disso, somos muitas vezes td isso por sermos religiosos demais e por diversas outras razões q contribuem, Jesus não nos deixou religião. Você tem td direito de denunciar e sei lá o q, acho lindo sua fome de justiça mas tome cuidado para não se precipitar e fazer com que seus comentários pareçam apenas uma simples antipatia pelo Pr. e não se esqueça que a religiosidade não é algo que Deus se agrade,antes de tudo, ore bastante pela vida dele provavelmente vá ajudar muito mais do q tentar denigrir a imagem de um Pr. que pode estar certo ou não mas foi levantado por Deus então ore a Deus pois é ele quem deve julgar a situação.
abrçs fraternos.