The Midnight Flower

Por Laila Flower

Bajuladores de Deus

Cada vez mais vejo Cd’s, livros, cartazes evangélicos com a expressão “adorador”. Todos querem ser adoradores de Deus, muitas vezes confundindo um pouco as coisas. Para provar o que digo, quero fazer uma pequena demonstração: ao lembrar das últimas coisas que você ouviu a expressão “adorador”, qual a sua característica em comum? Bem, o que me vem à cabeça é “emoção”. Não creio que o que Jesus quis dizer com “aqueles que adorem em espírito e verdade” tivesse relação direta com emoção.
Além disso, o que mais posso ver nesses “adoradores” é a bajulação. As músicas que ouço mais me parecem que buscam agradar a Deus com tantos elogios. Nenhuma delas fala do relacionamento diário que se desenvolve com Deus e que em nada é pacífico, mas conturbado.
O meu principal exemplo de adorador é Davi. Ele realmente buscava a Deus. Evidência disso são as suas inúmeras referências nos textos bíblicos. Entretanto, ao ler os seus salmos, você não vai ver alguém que só fala coisas bonitas para Deus, mas alguém que fala de conflito, dor, angústia e confiança em Deus.
Deus chamou pessoas para ter um relacionamento que, por natureza, é complicado: imaginem, Ele, Deus, que criou todas as coisas, amigo de...uma pessoa! Se relacionamento entre pessoas diferentes já é conflituoso, imagine com esta diferença! Logo, a expressão desta relação não pode ser composta de simples elogios.
Amigos, não caiam na maré evangélica que dia-a-dia tem arrasado corações que buscam a Deus e os tornam corações religiosos. Fujam do “o que é bom” no meio evangélico e busca a Deus independentemente de qualquer “onda”, “idéia”, “visão” ou “movimento”. Movimente-se em direção a Deus...seja adorador em espírito e em verdade.

5 comentários:

jkss disse...

oi Laila foi bom conversar com vc ontém!!!
qto ao artigo...é uma realidade..tmb acho muitas vezes se canta pra Deus como se cantasse ao homem...com todos os elogios e as vezes falta de reverencia.

que lindo o seu blog laila, amei esta foto da menina tocando flauta e o conteudo é otimo, da para voce escrever um livro
bjs
Deus te abençoe

Boa chamada para a reflexão que deve ser pessoal sobre o que estamos realmente falando e fazendo quando dizemos em alta voz que somos adoradores...

Táta disse...

Tá lindo teu blog. parabéns sha!!....prometo aparecer mais vezes!

Adorador todos nós somos, isso é irrefutavel. porém o adorador so aparece quando estamos transbordando no espirito, e msm assim não é a todo momento que o somos, pois necessita de uma aproximação de Deus muito grande, coisa que nossa carne nao permite que seja 24 h por dia.

por isso, como vc, vejo na grande maioria das canç~eos que sao somente eleogios vazios e nao uma adoração real. A finalidade da música é adorar, mas tbm trazer esperança, verdade, consolo para as pessoas. Fala-se muito em agradecer a Deus, mas onde está o Deus consolador para aqueles que sofrem? onde está o Deus de amor para aqueles que o desconhecem?

Adorar é santo, mas bajular nao traz beneficio algum